Através de um raio-X ao estado de arte da estrutura de compras das entidades adjudicantes, formulamos uma análise SWOT, o que nos permite identificar as fragilidades que devem ser corrigidas. Esta intervenção pode passar pela:

a) Verificação da conformação legal dos processos de compras;

b) Otimização das estruturas e métodos aquisitivos, através da obtenção de economias de escala e de ganhos de eficiência nos ciclos de decisão (evitando perdas para o erário público);

c) Criação de sistemas de controlo da contratação pública e de execução contratual;

d) Planeamento agregado e sistematizado de compras.

Como output final, para além da fotografia da organização, é elaborado um plano de ação incluindo propostas de melhoria escalonadas por prioridades e pelo grau de impacto na melhoria contínua organizacional.